domingo, 17 de maio de 2009

Uma nova viagem


Minha mente vagueia por diversos lugares e ao voltar não consegue me trazer nada que eu já não tenha percebido e consequentemente escrito.
Não quero dar fim a essa magia.
Percebo claramente que a felicidade não nos inspira, embora eu não me arrepende de estar assim.
Quem sabe a Sala Branca não esteja me chamando para buscar novos lugares e transcender os muros dessa mente ociosa mais uma vez.
Está decidido, eu retornarei para lá.
Vou buscar água da mais pura fonte para abastecer meu poço de inspirações.
Mas prometo voltar...

Uadi

3 comentários:

Thatá, ué! ;) disse...

A felicidade inspira, é só deixar um poko o coração falar. Essa é a linguagem dele. [eu acho] ^^
Talvez algum tempo só falando de anseios, desejos, frustrações e tal... pode ter fexado esse lado... mas coloke cor no q era preto e branco!
E faça uma boa viagem! :)

Danna disse...

A felicidade inspira, mas não tanto como as desavenças, os atritos da vidas e ler sobre coisas felizes todo o tempo não é tão legal como ler conflitos.
Nos perdemos na imensidão de ideias. Mas tanto na alegria como na tristeza existe arte!
Alegria que envolve e dança ao redor de si está pronta pra fazer de suas palavras encantadoras, permita-se.

Thatá, ué! ;) disse...

Nada! ;~
Thanks! :D