domingo, 24 de agosto de 2008

A noite dos vampiros

Sim! Vamos festejar! Há muito sangue e não há motivos para desperdiçar.
Das sombras nós viemos e um lugar entre vocês é o que queremos.
Toquem o réquiem para o início da caçada.
Esta noite negra se tornará vermelha e amaldiçoada.
Corram pobres mortais, vocês serão a presa para a nossa prole.
Se nós sofremos com esse tormento, vocês sofrerão sem lamento.
Vivam cada minuto como se fosse o último, porque nunca saberão quando irão padecer na escuridão.
Nossas risadas serão o último som que vocês, pobre raça miserável irá escutar.
Nós conseguimos ver o terror na felicidade, aproveitem para rir enquanto podem.
Vocês nunca sabem o que se passa do outro lado, nas sombras.
Sucumbimos ao poder do dia, mas à noite tudo será alegria.
A lua será testemunha e a noite a mesa para o nosso banquete.
Aproveitem, pois um dia será tarde para se arrepender do que não fez.
Um dia saberão como é estar desse lado e nunca poder ver o brilho do sol, e saberão como é triste estar fadado a carregar este lamentável destino.
Com a noite me fortalecerei e pode aguardar que atrás do seu sangue eu irei.
Há! Há! Há! Há!

Uadi

2 comentários:

Contos disse...

PUTA QUE PARIU UADI!!!


Muito massa vei o texto!!
quando sai o livr de contos?
hehehehe

flw Ramberegueta!!!

_tHaTááá disse...

Êtxaaa krambaaaa!!
sinistraum o texto!!
e mtoo rox tbm...
gostei mto!! o/

*congratulations* xDD~

ihuu.. vampiro >> ALL!!! \o/